CARTA: Ainda sobre a identificação de pastores... ha quem concorde!

Formulário no site Blog com Graça enviado em 02/01/2007 - 22:20 hs.

Nome: Oswaldo Neto
Email:


_______________________



Querido amigo Oswaldo (Ainda que não lhe conheça tomo a liberdade de lhe chamar assim) Graça, Paz e Entendimento!


Como o seu e-mail é bem extenso vou estar respondendo dentro da própria carta:



Mensagem: Acredito que o projeto vetado pelo poder executivo seria de
grande importãncia para nossa cidade.



RESPOSTA: No e-mail anterior direcionado ao Carlos descrevo muito bem os malefícios e os benefícios de tal projeto no que se refere à ferir a Constituição Federal e no que se refere à conceder alguns benefícios à alguns grupos rotulados de "evangélicos".


Talves, o amigo não esteja
acompanhando as dificuldades de pastores para realização de visitas em
hospitais da cidade.



RESPOSTA: Pelo que eu sei e pelo que eu tenho presenciado não existe dificuldade em estar em hospitais nos momentos apropriados para visitas, já estive muitas vezes em tempos passados em vários hospitais visitando pessoas conhecidas e também alguns desconhecidos que solicitavam visitas, porém sempre tive bom senso nesses momentos pois muitas vezes o excesso de pessoas nos hospitais atrapalham a entrada de familiares e muitas vezes atrapalham a recuperação do próprio paciente pois este muitas vezes necessita de momentos de paz a fim de que esteja recuperado, portanto o número de visitantes em hospitais deve mesmo ser limitado, não estou aqui desprezando a importância dos intercessores nesses locais, mas tudo deve ser feito com bom senso a fim de sempre ajudar e nunca prejudicar, eu ja tive familiares internados e principalmente aos domingos é insuportável aquelas pessoas chegando nos leitos e pedindo para orar, não ha um tempo para a família, assim isso deve sim ser regulamentado visto que hoje ainda não é.


É bem verdade que o fato de não existir um órgão
reconhecido oficialmente pelo município, impossibilita um real
reconhecimento de homens de Deus que realmente representam algum ministério
sacerdotal em nossa cidade. Quantos não usam o nome de Jesus para
benefício próprio? Sem contar o caso mais recente que comoveu toda a
cidade(sequestro do garoto de 12 anos).




RESPOSTA: Como eu disse no e-mail anterior esse reconhecimento é algo impossível visto que existe apenas um que sonda os corações é um grande erro alguém apontar e dizer que fulano é "homem de Deus" devido à alguns exteriótipos, por ter uma carteirinha, usar um terno e uma gravata e estar em um púlpito, você pode estar pensando naquelas frases decoradas em que as pessoas dizem que se conhece as pessoas pelos frutos, mas este reconhecimento é realizado apenas por Aquele que sonda os corações pois diante dEle não existe auto-justificação, assim, até o suposto pastor que sequestrou o garoto poderia ser um exemplo para a sua comunidade de fé e o seu interior ser cheio de imundície como um túmulo caiado lindo por fora, porém morto por dentro, assim à cada dia precisamos buscar discernimento de Deus pois o homem é corruptível e todas as coisas são possíveis à esse menos os possíveis de Deus que são impossíveis aos homens por si só. Eu sei e conheço alguns ministros que não usam o nome de Jesus para benefício próprio e esses não estão preocupados com carteirinhas ou em estar em púlpitos pois estão pelas ruas, nas esquinas, nas praças e em todo lugar sendo luz e sal do mundo, não é desses que eu falo e sim da grande maioria que praticam estelionato sob a sigla de alguma religião, pregando um "evangelho de barganhas" que em nada se assemelha com o Evangelho que é o Cristo, o verbo que se fez carne que é apenas um evangelho, o do amor, da Graça revelada aos homens.


É bom lembrar que a Bí­blia
estabelece que as coisas do Reino devem ser realizadas com ordem. Como
existirá ordem se não nos organizarmos.Já parou para avaliar que os
principais movimnetos evangélicos reconhecidos oficialmente em nossa cidade
não recebe nenhum tipo de apoio por parte do executivo? Seria justo a
Prefeitura patrocinar o Miss Gay com 400 mil reais e não concerder nenhum
centavo de estrutura para eventos como, o Dia da Bí­blia, Marcha pra
Jesus, Cruzada Juiz de Fora Para Cristo e outros?




RESPOSTA: Você diz que as coisas do reino devem ser realizadas com ordem, porém o que presenciamos em nossos dias é a maior desordem de todos os tempos que iniciou-se com Constantino ao encaixotar a fé dos seguidores de Cristo, dos "do Caminho" e criar o que conhecemos hoje como "cristianismo" é bom lembrar que Cristo não criou uma nomeclatura apenas nos fez o convite de vida "Venha e segue-me!" e isso foi um câncer que a "reforma" protestante confirmou e hoje verificamos as milhões de denominações por todo o mundo, as igrejas "loucuras de meu deus" espalhadas por todo o mundo, basta ligar a TV e verificar, pode existir algo mais desorganizado do que isso? Ora o vento sopra para onde quer e acredito em uma revolução do evangelho pois de nada adianta colocar vinho novo em odres velhas. Tenho verificado uma revolução muito grande nesses dias, ainda que a mídia indique o contrário existem milhões de pastores anônimos apaixonados pela vida e pelo evangelho na organização do Espírito em liberdade. Existem bons e maus projetos e não estou aqui para julgar o mérito da questão, mas o que te leva à pensar que a marcha ou a cruzada são mais importantes que o miss gay? O ótimo projeto aprovado do dia da bíblia que estimula a sua leitura é um ótimo projeto do ex vereador que não está mais eleito, infelizmente, pois é alguém lúcido e que busca um bem comum, não vejo com bons olhos essas marchas e cruzadas pois a desordem no centro da cidade onde o trânsito já está caótico e os sons acabam por atrapalhar as pessoas vizinhas, assim, não atingem o seu objetivo, não queria estar na pele dos moradores do centro, como você mesmo disse, Deus é um Deus de ordem e não de desordem, Deus não é um Deus de multidão e sim de relacionamento portanto existem métodos menos poluentes de se evangelizar, o nosso Mestre mesmo num burrinho causava um grande reboliço de vida pois levava consigo a Vida e a pregação do evangelho puro e simples causa revolução de seres sem precisar "empurrar-lhes guela abaixo".



Tenho plena certeza que
o nobre amigo não conhece o autor deste projeto. Não tenho
procuração para falar em nome de Canalli, mas é alguém especial que apoioamos
pois conhecemos o seu caráter. Contrariando o seu comentário, Canalli
é um ser humano especial, que sente prazer em ajudar o próximo.
Alguém que não mede esforços para lutar por várias comunidades que
contam com seu apoio nas cobranças junto ao executivo. Um fiscalizador que
mesmo quando era base de governo, destacou irregularidades como a
licitação fraudulenta no HPS, com destaque em toda a mídia da
cidade.Comunicador que não abandonou sua origem(o rádio), mas sim estruturou um
trabalho social fantástico que atende diariamente várias pessoas
carentes de Juiz de Fora. É bom lembrar que ha quase 10 anos realiza sua
ação social.Homem honrado que lutou e muito trabalhou para chegar
onde está.

Não devemos cometer o pecado de julgar as pessoas, pois tal
prática cabe a Deus. Para encerrar, gostaria de pedir ao amigo que
antes de criticar, procurasse conhecer as pessoas, pois assim não
cometeria o deslize de escrever sobre algo que não tem conhecimento.
Agora fica a pergunta: Canalha é um ser humano que trabalha para ajudar
ao próximo, ou Canalha é aquela pessoa que não se preocupa com as
dificuldades do próximo e ainda assim se assemelha a Cristo?



RESPOSTA: Querido amigo, como em tudo que já escrevi sobre o assunto procurei me ater ao tema em questão, não entrando em detalhes pessoais sobre a pessoa citada autora do projeto, pois como eu já disse não sou Deus para julgar ninguém, apenas fiz um comentário sobre as coisas fúteis que o representante de todo o povo na câmara tem se preocupado, se é uma pessoa que se preocupa com o próximo ou se pratica tais ações sociais a fim de conseguir alguns votos somente Deus pode saber pois o coração humano é solo sagrado que ninguém deve pisar ou tentar penetrar, é bom lembrar que a luta pelo povo não é nada mais que o seu dever como representante, o que critico é o fato de estar buscando representar os interesses de uma minoria aos quais oferecem alguns votos fiéis do seu rebanho em troca de favores políticos e esse buscou muitas destas alianças como eu mesmo pude presenciar, você me parece ser inteligente e sabe que no cenário político de Juiz de Fora alguns canalhas viram "crentes" do dia para a noite nas vésperas das eleições e depois caem fora, não vou citar nomes como da outra vez, mas você é esclarecido e sabe do que estou falando, de alguém que cometeu vários roubos em órgãos da prefeitura e ao se candidatar para prefeito chegou com maior pinta de "irmão" na TV pedindo votos, o pior de tudo isso é que o rebanho é gordo e os lobos estão ai... diante dos fatos não é necessário julgar, basta narrá-los. Como radialista eu o respeito, porém, não gosto do estilo, mas já que você tocou no assunto resolvi citar só por curiosidade, mas ha quem goste...hehe da mesma forma que tem gente que apóia a confecção de carteirinhas de pastor, o que gostaria que você netendesse é que não tenho nada pessoal contra a pessoa citada, apenas contra o vereador que me representa e que está deixando de lado muitas necessidades básicas da cidade, se você mora aqui não preciso nem descrevê-las, ao menos que você não queira enxergar.


Peça a Deus orientação antes de escrever o que não deve, pois tal
prática pode ser criminosa. Defamação no Brasil é crime!
que Deus te perdoe e lhe abençoe!
Oswaldo Neto.



RESPOSTA: Essa sua última declaração está me soando como vinda de um típico ativista de alguma instituição religiosa onde qualquer que seja uma voz profética contrária vinda de fora dos parâmetros institucionais é algo abominável e digna de condenação já que os lobos donos da verdade sempre maquiam a realidade e prendem as ovelhas de seu pasto em uma caverna escura onde nenhuma luz externa pode penetrar. Saiba que isso é um crime, bem menos leve do que utilizar o evangelho como uma forma de extorção, estelionato e de "crescimento", ou como uma prisão existencial, o pior de tudo é que estas coisas não estão incluídas no código civil, mas são crimes muito mais bárbaros. Saiba que estou sendo muito abençoado por ser gente e o perdão vem da cruz onde tudo está consumado, onde o preço foi pago! Portanto antes de condenar alguém, ao ponto de achar que alguém precisa de perdão por dizer algumas verdades, saiba que precisamos do perdão e das misericórdias que se renovam à cada manhã pois sem isso não haveria vida, sem isso nada seria o que era e a gostosa paz que excede todo o entendimento não teria tomado o meu ser, e é por isso que anuncio estas coisas, por amor ao evangelho, é por isso que minha voz não se cala e não se calará até o último dia de minha vida, não quero ser covarde, quero anunciar a verdade que liberta para sempre!



Nele, que amou à toda criatura sem fazer acepção de pessoas e que não viveu e se entregou em função de um grupo da sociedade,



Luciano Costa